Blog

Engajamento no e-mail marketing

Postado em: Geral DIA 01/03/2016

Fonte: iMasters

No e-mail marketing, o termo engajamento significa interação, relacionamento com a marca e envolvimento com os clientes. Por exemplo, sua empresa tem uma reputação exemplar, mas, ainda sim, uma mensagem específica acaba indo para caixa de spam em vez de para a entrada particular. Por que isso acontece? Para Microsoft, Gmail e AOL, o engajamento de uma pessoa não tem efeito sobre a reputação de forma global. Segundo o representante do Gmail, o engajamento de uma pessoa em particular somente terá efeito na reputação global se for positiva.

Mas, como saber se o cliente está engajado com a marca?

  1. Abertura: mesmo se eles pensam que a abertura se tornou menos relevante, eles continuam rastreando. Considerado positivo.
  2. Responder: se uma pessoa responde diretamente para o seu e-mail usando a função “responder”, será um sinal extremamente forte de engajamento. Considerado positivo.
  3. Mover para pasta de spam: forte sinal negativo de engajamento. Considerado negativo.
  4. Não é spam: clicar no botão “não é spam” é um sinal forte de engajamento, pois significa que esse email não deveria ser considerado spam. Considerado positivo.
  5. Apagar sem ler: um rápido olhar e não gostar. Considerado negativo.
  6. Mover de pasta: significa que você está demonstrando interesse nessa mensagem. Considerado positivo.
  7. Adicionar remetente na lista autorizada: considerado positivo.

Segundo o representante do Outlook.com, somente mover para pasta de spam afeta a reputação de forma global e negativa. Para os outros ISPs, todos os pontos podem ter influência na reputação de forma global.

Cliques não afetam reputação

Uma solução simples para provar que o consumidor viu o anúncio de sua empresa é o clique, porém nem sempre essa atitude significa a intenção de compra. Segundo os ISPs, eles não utilizam a estratégia de rastrear cliques, pois veem isso como uma violação de privacidade, portanto, acreditam que ela não tem efeito sobre engajamento e não afeta a reputação.

Como eles decidem o que vai para caixa de SPAM?

Não existe uma real definição, segundo os quatro dos maiores ISPs. É tudo questão de monitoramento constante de vários sinais que determinam se a mensagem é realmente relevante ou não para um determinado usuário. Claro que existem sinais óbvios, como reputação de IP, blacklist e outros.

E-mails inativos: O que devo fazer? Guardar ou descartar?

John Scarrow, do Outlook.com diz: não, não se livre deles. Segundo ele, os e-mails inativos não afetam diretamente a reputação do seu remetente. A única maneira de influenciarem sua reputação seria se declarassem seu e-mail como spam, no entanto, não significa que você entregará na caixa de entrada dos inativos que não o declararem como spam. Os profissionais precisam separar o conceito de reputação de remetente, e a preferência pessoal da caixa de entrada (nesse caso, preferência faz referência à entregabilidade, decisão se vai ou não em spam, da sua própria caixa). Sua reputação pode ser excelente, mas se a pessoa não é engajada ela não receberá na caixa de entrada.

Os outros ISPs não concordam com essa argumentação do Outlook.com. Segundo o representante do Gmail, da mesma forma que você precisa subir gradualmente o volume (ramp up) quando você começa seu programa de e-mail marketing (ou quando você troca de ESP), você tem que introduzir uma diminuição gradativa do número de e-mails enviados para esses inativos (ramp down).

Abaixo estão algumas dicas:

Mudar uma vez por semana se você estiver enviando diariamente.

  • Trocar por uma ou duas vezes por mês se você envia semanalmente.
  • Após três a seis meses, é importante você questionar o usuário se ele gostaria realmente de receber aqueles e-mails.
  • Se ainda não tiver interação, está na hora de deixar eles irem, segundo o representante do Gmail.

Entregabilidade é uma coisa pessoal

Quando a quantidade de assinantes aumenta, naturalmente cresce a demanda de vendas geradas com o envio de e-mails. Portanto, é importante criar um relacionamento e saber se os seus clientes estão gostando de suas mensagens e interagindo com o conteúdo. O engajamento faz diferença dentro das empresas, pois, ao considerarmos os interesses e expectativas do público alvo que se deseja engajar, mais o seu produto será vendido. A partir desse pensamento, surgem os métodos com foco no consumidor e, com efeito, o marketing de engajamento, enquanto métrica e ferramenta de marketing, se faz interessante.

Durante o evento Email Evolucion Conference, muitas coisas sobre a misteriosa caixa de entrada e o que acontece quando apertamos o famoso ENVIAR foram esclarecidas de forma precisa e objetiva. O que vai na minha caixa de entrada pode cair em spam pra você. O que considero irrelevante pode não ser desimportante para você. O que considero spam e excluo você pode declarar como não spam e mover na caixa de entrada. Pois é, a entregabilidade mudou, agora é uma questão pessoal.

imagens
Dê sua opinião